“Antes morta do que vermelha”, afirma lutadora do UFC, ao se declarar anticomunista

Ler na área do assinante

Rose Namajunas, lutadora do “peso-palha” do UFC, está de luta marcada contra a chinesa campeã Zhang Weili. Em entrevista nas redes sociais, ela reitera críticas anteriores que fez ao comunismo. A lutadora é da Lituânia, país que pertenceu à União Soviética até 1990, e, segundo ela, sua família sofreu muito com as políticas implementadas no país durante esse período.

A luta entre a Rose e Zhang está marcada pro dia 24 deste mês e valerá o cinturão de campeã mundial até 52kg.

Rose Namajunas diz que parte de sua motivação pra luta é vencer a China, país de regime comunista. A atleta usou a frase "better dead than red" (“Melhor morta do que vermelha) para se referir ao regime ditatorial e a forma como se sente ao lembrar dele.

Para ela, a luta não será, exatamente, contra Zhang. Mas, contra o que a chinesa representa e a faz recordar de toda a sua história e como a ideologia afetou sua vida.

Para “entrar no clima de revanche” contra o comunismo, Rose diz que fez seu treinador assistir a documentários sobre o sofrimento da Lituânia sob a política da União Soviética; a fim que ele entenda contra quem estão lutando.

"Não é nada pessoal contra ela (Zhang)", esclarece.
"Eu tenho a consciência cristã, o sangue lituano e o sonho americano", finaliza.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar