Ingrata, Sheherazade cospe no prato que comeu e quer R$ 30 milhões do SBT

Ler na área do assinante

Rachel Sheherazade, está processando o SBT, onde trabalhou por 11 anos, por direitos trabalhistas.

Na ação, que corre na 3ª Vara do Trabalho de Osasco, na Grande São Paulo, Rachel pede reconhecimento do vínculo empregatício com a emissora e exige o pagamento dos direitos trabalhistas devidos desde o começo de seu contrato. A indenização pode chegar a R$ 30 milhões.

Rachel saiu do SBT um mês antes do término do seu contrato.

Para ser âncora do programa, ela recebia cerca de R$ 200 mil e R$ 30 mil em auxílio moradia.

Em uma entrevista o advogado da apresentadora, André Froes de Aguiar, tentou explicar os motivos da ação, que tem a primeira audiência marcada para setembro:

"Ela pede na Justiça a comprovação de vínculo empregatício com o SBT durante o tempo em que trabalhou na emissora e o pagamento de direitos trabalhistas. Iremos aguardar a regular tramitação da ação. (É a) famosa Fraude Trabalhista - Pejotização!", afirmou ele.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar