Quem não fica indignado diante de uma injustiça? (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em uma situação inédita a população impede que a mercadoria de um vendedor ambulante seja levada por guardas municipais, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Além do abuso de ser impedido de trabalhar, a agressão foi iniciada pelo agente, que deixou o trabalhador com legítima indignação.

Quando vemos vídeos de trabalhadores ambulantes sendo tolhidos do seu legítimo direito de trabalhar, de sobreviver, me vem aquela vontade de estar lá e reagir, ajudar aquele pai de família que está dignamente trabalhando e que está sendo impedido.

Pois bem, pela primeira vez eu vi o povo reagir, e confesso que vibrei com esse ato de coragem ao defender um homem que gritava: "... não toca no que é meu, eu quero trabalhar, meu direito de sobreviver..."

Onde estão aqueles políticos que se dizem dos "TRABALHADORES"?

A esquerda é absurdamente hipócrita, paradoxal entre seus discursos e a prática nefasta, nunca se preocupou de fato com os trabalhadores, somente usa o povo e as causas como massa de manobra para que possa aproveitar as regalias do estado.

Presentemente, por mera birra ideológica, por interesses pessoais políticos e pelo jogo do poder, prejudica propositalmente a economia do Brasil, para tentar desgastar o Presidente Bolsonaro.

Esses criminosos lutam vorazmente pelo fechamento do comércio, por políticas de saúde públicas ineficazes com um único propósito: Colocar o Brasil contra o 1° Presidente que o país está tendo realmente a favor do povo. Eles são os verdadeiros genocidas!

Quando o povo realmente aprender o poder da união a situação nesse país irá mudar!

Veja o vídeo:

João Bosco (Bosco Foz).

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Ler comentários e comentar