Augusto Nunes faz importante alerta: "Governo terá que gastar um dinheiro que não tem" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Augusto Nunes fez uma ótima análise, durante o Jornal da Record, sobre o orçamento da União para o ano de 2021, que foi aprovado graças ao Projeto de Lei que tirou do texto inicial os gastos emergenciais causados pela pandemia:

“Serão amplamente ultrapassados, tanto o teto de gastos, que não poderia superar o índice da inflação anual, quanto a meta fiscal, que limitou o déficit deste ano a R$ 247 bulhões”, apontou.

Segundo ele, o fato dos gastos com a pandemia serem considerados extraordinários não muda o fato de que o dinheiro usado vem dos impostos:

“O governo não é uma entidade lucrativa. Usa o dinheiro que vem dos pagadores de impostos. É o povo, portanto, quem banca todos os gastos previstos ou extraordinários”, lembrou ele.

Nunes alerta, ainda, que o controle de outros gastos e a reforma administrativa são a chave para evitar que o país afunde economicamente:

“O governo e o congresso precisam ao menos aprovar, nesse ano, a reforma que tornará menos obesa a máquina administrativa federal, e os parlamentares precisam controlar seu apetite por emendas multimilionárias. País nenhum sobrevive economicamente a tanta gastança”.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar