Em apenas 5 meses, jornal mais antigo de Brasília sofre a terceira greve

Ler na área do assinante

Jornalistas do Correio Braziliense, o periódico mais antigo de Brasília, entraram em greve, mais uma vez, nesta terça-feira (20), após não receberem 50% dos vencimentos de março e parte do décimo terceiro salário de 2020. É a terceira vez que os funcionários do veículo “cruzam os braços” desde 1º de dezembro do ano passado.

À princípio, os colaboradores pararam as atividades em virtude de atraso na gratificação. Em seguida, em 5 de fevereiro, outra paralização ocorreu porque a empresa não havia quitado o salário de uma parcela expressiva de funcionários.

A greve desta quarta-feira (21), é realizada, coincidentemente, no dia em que o jornal comemora 60 anos de fundação.

“Não foram pagos 50% do salário de março, muito menos os 35% do 13º pendente”, afirma, em nota, o Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal.

Com a pressão feita em cima dos empregadores, as entidades esperam que os valores sejam depositados até esta quinta-feira (22). Se isso não ocorrer, será realizada mais uma assembleia, com a participação de outros sindicatos.

A empresa tem descumprido prazos estabelecidos para quitar as pendências e, há pelo menos dois anos, o jornal não paga férias aos profissionais. Além disso, o salário só é pago em parcelas, os jornalistas estão há 20 meses sem ticket de alimentação e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) não é depositado há seis anos.

O Correio Braziliense, fundado pelo empresário Assis Chateaubriand, na década de 60, tem cada vez menos assinantes e anunciantes.

Com Jair Bolsonaro, o corte das generosas verbas públicas certamente agravou bastante a situação.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar