Vereador afirma que "cachorro na rua tem é que matar" e causa revolta na internet (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A declaração de um vereador de João Pinheiro, em Minas Gerais, vem causando revolta na internet.

Durante uma sessão da Câmara Municipal da cidade, na última segunda-feira (19), um dos parlamentares apresentou um projeto de lei para conscientizar as crianças da cidade e criar o mês de prevenção à crueldade animal.

Ao comentar o projeto do colega, o vereador Eli Corrêa afirmou:

“Cachorro na rua tem é que matar, cachorro em rua do jeito que vemos por toda banda, com problema e doença, amontoado, trazendo doença para população. (…) Cachorro de rua para mim é perder tempo. Eu, se passar por cima de um cachorro, nem olho para trás, penso que não tem dono”, disse ele.

Confira:

O comentário vem gerando revolta nas redes sociais:

“Imagina que esse tipo de pessoa representa a população... Que vergonha!!”, escreveu um.
“Quem não se compadece de animais não se compadece do ser humano também”, escreveu outro.
“Isso é revoltante. Cruel.”, apontou mais um.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar