Vereador é investigado por denunciar irregularidades na Saúde do Rio e pode perder mandato (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O Conselho de Ética da Câmara de Vereadores do Rio está investigando o vereador Gabriel Monteiro (PSD), após o parlamentar ter feito fiscalizações em unidades de saúde, sem autorização da Prefeitura ou do Governo do estado.

Gabriel, que é PM e também youtuber, tem elaborado diversos vídeos nos quais revela o caos na saúde pública do Rio de Janeiro. Mas, o trabalho do terceiro vereador mais votado da cidade, parece que está com os dias contados. Pelo menos é o que os adversários pensam. As denúncias feitas contra o policial militar vão da Justiça até o Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj).

O Ministério Público apura suposto abuso de autoridade do parlamentar ao visitar as unidades. Já o Conselho de Ética da Câmara diz que recebeu as representações e deve avaliar se ele cometeu quebra de decoro.

A Lei Orgânica do município do Rio de Janeiro estabelece o livre acesso do vereador às repartições públicas municipais, respeitando-se o dever de não abusar de suas prerrogativas, nem violar direitos constitucionalmente assegurados; já que a fiscalização é uma das atribuições da atividade parlamentar.

Após a polêmica, Gabriel Monteiro fez um apelo no Twitter pedindo a seus seguidores que o ajudem a manter o mandato.

“Eu fui eleito pra FISCALIZAR. Recebo pra isso. Pessoal, se puderem me ajudar, acho que é injusto eu perder o mandato por trabalhar a favor dos mais humildes”, lamentou.

Veja o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: G1

da Redação
Ler comentários e comentar