Fora dos holofotes e silenciosamente, Alcolumbre quer reembolso de mais de meio milhão do Senado

Ler na área do assinante

Um pacote repleto de notas fiscais foi entregue pelo senador Davi Alcolumbre, exigindo o reembolso de supostos gastos que estariam vinculados a cota parlamentar, no exercício de seu mandato.

O total exato do reembolso perfaz a bagatela de 513 mil e seiscentos reais. Disso, 85% referem-se à divulgação do mandato.

O curioso é que a uma empresa sediada em Macapá, o ex-presidente do Senado declarou ter feito pagamentos da ordem de R$ 27,5 mil por mês, durante o ano de 2020.

Entretanto, não obstantes os serviços serem relativos a 2020, as notas fiscais foram todas confeccionadas no mês passado.

Tudo muito estranho e intrigante.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: O Antagonista

da Redação
Ler comentários e comentar