Grupo de cientistas clama pelo adiamento ou transferência das Olimpíadas do Rio

Um grupo de 125 renomados cientistas, de diversos países do mundo, formalizou um documento encaminhado para a OMS (Organização Mundial de Saúde) onde alertam para a necessidade da transferência ou adiamento dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em razão do surto do Zika vírus.


Os cientistas enumeram como razões para a medida extrema o fracasso verificado no programa de erradicação do mosquito no Brasil e a fragilidade de nosso sistema de saúde.

Eles apontam ainda que, diante das descobertas recentes relacionadas ao ‘Zika’, torna-se ‘antiética’ a manutenção dos Jogos no Rio.

A tese defendida pelos cientistas é ainda reforçada pelo momento de absoluta instabilidade política e econômica pela qual passa o país, que tornam o problema do Zika ‘impossível de resolver com a aproximação dos jogos’

"Um risco desnecessário é colocado quando 500 mil turistas estrangeiros de todos os países acompanham os Jogos, potencialmente adquirem o vírus e voltam para a casa, podendo torna-lo endêmico", enfatiza o texto.

O documento é assinado por cientistas, médicos e especialistas em ética médica de instituições como as universidades de Oxford, no Reino Unido, Harvard e Yale, ambas nos Estados Unidos.

A OMS ainda se manifestou.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Esportes