Advogado de Daniel Silveira não se intimida e fala dolorosas verdades na cara dos ministros do STF (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Nesta quarta-feira (28), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter a prisão domiciliar de Daniel Silveira.

Não bastando tudo isso, por unanimidade, os ministros ainda decidiram receber a denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o deputado.

Mesmo com a decisão “praticamente” decidida, o advogado Jean Cleber Garcia Farias, que defende o parlamentar, não se intimidou perante aos togados do Supremo durante o julgamento e disparou:

“Nós não podemos transformar a Corte maior deste País num gabinete particular para que se use da Constituição para punir seus desafetos.”

O advogado ainda disse mais:

“Foi garantido o exercício do mandato. Mas ele não pode se comunicar com outros deputados que são objetos de investigação, ele não pode sair da sua residência, ele não pode praticar os atos da vida civil porque não foi imposto a ele uma medida cautelar e sim uma ‘nova’ modalidade de prisão. Essa arbitrariedade, essa decisão ‘déspota’ pode sim e deve ser reparada por esse colendo Tribunal.”

Confira:

A PGR acusa o deputado de agredir verbalmente e proferir graves ameaças contra ministros do STF; incitar animosidade entre as Forças Armadas e a Corte; e estimular a tentativa de impedir, com emprego de violência ou grave ameaça, o livre exercício do Poder Judiciário.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacaoDaniel Silveira continua preso e “censurado”.

da Redação
Ler comentários e comentar