Haddad na mira do MPF: O "Poste" é o alvo da investigação por propina de R$ 5 milhões

Ler na área do assinante

Fernando Haddad e seus aliados agora são o alvo de uma investigação do Ministério Público Federal, por suspeita de improbidade administrativa em contratos da Prefeitura de São Paulo e a OAS.

As investigações são resultado da delação premida do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, que afirmou ter havido ‘vantagem indevida consistente no pagamento de uma dívida de campanha do então prefeito Fernando Haddad, no valor de R$ 5 milhões, como contrapartida para a continuidade dos contratos da OAS com a Prefeitura de São Paulo’.

Segundo o relato de Léo, o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, teria sido o responsável pelo pagamento, com o consentimento do ex-secretário de governo de Haddad, Antônio Donato.

O inquérito correrá na Procuradoria da República em São Paulo.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: O Globo

da Redação
Ler comentários e comentar