Lindora Araújo deixa os governadores à beira de um ataque de nervos

Ler na área do assinante

A subprocuradora Geral da República, Lindora Araújo voltou a ser alvo de governadores, após ampliar o pedido de investigação sobre o dinheiro federal repassado para financiar o combate à pandemia de COVID-19 contra os governadores.

Lindora, que já havia solicitado o envio de documentos que explicassem o quanto custaram os hospitais de campanha, o tempo que permaneceram funcionando e quando e por que foram fechados, agora ampliou, por ofício, o pedido, e os executivos estaduais serão obrigados a dar transparência total sobre todos gatos de cerca de R$ 1 trilhão.

Nove governadores do nordeste que já haviam pedido para que a ação fosse derrubada, voltaram à carga nesta sexta-feira (30) e agora querem também a abertura de procedimento administrativo pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e ainda a suspensão da subprocuradora de seu gabinete.

Entre as alegações, a de que as informações seriam utilizadas por representantes governistas na CPI da COVID, iniciada nesta semana no Senado Federal. Lindora também é acusada de estar alinhada ao presidente da república.

O sonho de esquerdistas e adversários do governo federal, de que uma CPI seria a ferramenta perfeita para derrubar Jair Bolsonaro, parece estar desmoronando.

O “tiro saiu pela culatra”e eles estão em pânico.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar