Lira cria comissão para analisar o voto impresso auditável e Bia Kicis ressalta a "vitória" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), determinou a criação de uma comissão especial para discutir a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que obriga o voto impresso.

Trata-se da PEC 135/19, que exige a impressão de cédulas em papel na votação e na apuração de eleições, plebiscitos e referendos no Brasil.

A comissão terá 34 titulares e 34 suplentes a serem indicados pelas lideranças partidárias.

A deputada Bia Kicis comemorou a iniciativa:

“O Presidente da Câmara Arthur Lira acaba de criar a Comissão especial da PEC 135/19, do voto impresso auditável. Mais um importante passo dado. Uma vitória parcial.”

E complementou a parlamentar:

“Mais uma promessa cumprida. Vamos cuidar agora da instalação dessa tão esperada comissão.”

Autora da PEC, a deputada fez um vídeo falando da importância do projeto, que pode garantir mais transparência nas eleições.

Uma minirreforma eleitoral em 2015 estabeleceu a impressão do voto a partir das eleições de 2018, mas, o STF, por 8 votos a 2, derrubou o que já tinha sido aprovado.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar