Infame, Paulo Coelho acusa Bolsonaro de "matar" Paulo Gustavo e é desmoralizado por deputado

Ler na área do assinante

O escritor Paulo Coelho usou sua conta no Twitter para atacar o presidente Jair Bolsonaro.

Sem coragem de citar o presidente diretamente, Paulo Coelho usou frases de Bolsonaro fora de contexto para "culpá-lo" pela morte do ator Paulo Gustavo.

“Assassinos de Paulo Gustavo:
– quem dizia 'é só uma gripezinha'
– 'não passa de 200 mortes'
– 'cloroquina resolve'
– 'gente morre todo dia'
– 'Lockdown destroi o país'
– 'máscara nos faz respirar ar viciado'
– 'eu obedeço o comandante'
E por aí vai. Canalhas da pior espécie”, escreveu Paulo Coelho.

Logo após a publicação, o deputado federal Carlos Jordy detonou o escritor, tecendo fortes críticas ao oportunismo de utilizar a morte do ator para atacar Jair Bolsonaro:

“Vagabundo, deixa o corpo esfriar pelo menos. Usar o caixão do Paulo Gustavo como palanque em tão pouco tempo demonstra o quão doente você é, mal de alma”, escreveu o parlamentar em reposta ao escritor.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar