Mandetta mente descaradamente e é desmascarado por Bolsonaro (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O presidente Jair Bolsonaro fez um curto comentário sobre uma das principais falácias ditas pelo ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, à CPI da COVID, no Senado Federal, nesta terça-feira (4).

Mandetta afirmou que o país está atrasado na vacina e que a sua aplicação à população deveria ter sido iniciada em novembro de 2020.

O político só esqueceu de um detalhe: a vacina sequer estava disponível para qualquer país do mundo nesta data.

Sereno, Bolsonaro desmentiu o 'mentiroso'. E desta forma, vai demonstrando que o colegiado foi criado apenas com a finalidade de fazer política pré-campanha presidencial e para perseguir e acusar membros do governo.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: O Globo (1 , 2)

da Redação
Ler comentários e comentar