"Desmoralizado", Adnet entra com ação contra Mario Frias

Ler na área do assinante

O humorista Marcelo Adnet abriu processo por danos morais contra o secretário Especial da Cultura, Mário Frias.

O processo movido por Adnet pede uma indenização no valor de R$ 80 mil, e foi protocolado na 5ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro no dia 03 de maio.

O pedido do humorista é baseado em uma publicação do secretário nas redes sociais, após a divulgação de uma paródia do vídeo ‘Um Povo Heróico’.

O vídeo original, feito pelo Governo Federal e estrelado por Mario Frias foi veiculado às vésperas de 7 de setembro de 2020, em comemoração à data que marca a Independência do Brasil.

Mário Frias não mediu as palavras ao tomar conhecimento da paródia de muito mau gosto feita por Adnet.

O secretário detonou:

"Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula. Um Judas que não respeitou nem a própria esposa traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter".

E disse mais:

"Um palhaço decadente que se vende por qualquer tostão, trocando uma amizade verdadeira, um amor ou sua história por um saquinho de dinheiro e uma bajulada no seu ego infantil e incapaz de encarar a vida e suas responsabilidades morais"

Acabou com o humor do humorista e com a moral do cidadão.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar