Com aval de Temer, Câmara aprova reajuste que aumentará a folha em R$ 58 bilhões

A Câmara Federal aprovou na madrugada desta quinta-feira (2) um megapacote de reajuste para o funcionalismo federal, que irá engordar a folha de pagamento em torno de R$ 58 bilhões até 2019.  O reajuste médio concedido foi de 21,5%.


O maior impacto foi o aumento do salário dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). O rendimento, que delimita o teto do funcionalismo, passou de R$ 33.763 para R$ 39.293, gerando um efeito cascata em todo o Judiciário.

Como parte da articulação de Temer para votar os projetos, o Ministério do Planejamento soltou apenas uma nota afirmando que os reajustes dos servidores do Executivo não terão impacto adicional no Orçamento deste ano, pois já estavam previstos na Lei Orçamentária de 2016.

Todos os projetos de reajuste foram apresentados no ano passado, após negociações entre as categorias e a equipe econômica da presidente afastada, Dilma Rousseff. 

De qualquer forma, fica visível a intenção do presidente interino de buscar se fortalecer entre os servidores..

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política