Agora apertou de vez a calça do João Agripino: MPF abre Procedimento Investigatório Criminal

Ler na área do assinante

João Agripino Doria, o ditador da calça apertada, vai responder por crimes de responsabilidade no âmbito das ações de combate à pandemia.

O deputado estadual Gil Diniz publicou uma foto no Twitter que mostra uma decisão do Ministério Público Federal acatando a denúncia de crime de responsabilidade contra o governador do estado de São Paulo.

O pedido foi encaminhado por Diniz e ainda pelos deputados Valéria Bolsonaro, Douglas Garcia, Frederico D’ Avila, Major Mecca e Castello Branco.

Entre os crimes apontados, a falta de ações efetivas em relação à COVID-19, o “sumiço” de 3 mil respiradores que foram comprados mas jamais entregues ao estado, a tentativa de fraude no contrato de mais de 14 milhões para compra de aventais de uma editora de livros e outras atividades julgadas como ilícitas ou suspeitas no âmbito do combate à pandemia.

A denuncia havia sido despachada por um juiz federal de São Paulo, no dia 13 de agosto do ano passado.

Já se sabe que, se depender do PSDB e dos demais partidos de esquerda, Doria “calça apertada” não concorre à presidência da República ou sequer à reeleição para o governo do estado. Pelo jeito, o Agripino deve mesmo é passar as eleições diante de um juiz ou ainda atrás das grades.

Vem impeachment por ai?

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar