Justiça manda Doria retirar das redes sociais postagens em que acusa vizinha de Fake News

Ler na área do assinante

O desembargador José Carlos Costa Netto, da 6ª Câmara de Direito Privado do TJ de SP, determinou que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), retire, imediatamente, as postagens na internet em que acusa a vizinha, Alessandra Maluf, de Fake News ao denunciar que seu filho realizava uma festa em sua casa durante a pandemia.

"(...) verificam-se que tais publicações apresentam excesso ao expressar o nome completo da agravante e vinculá-lo a prática de eventual conduta criminosa que, sequer, tinham sido comprovadas na seara criminal", escreve o magistrado na decisão.

O desembargador atendeu ao pedido feito por Alessandra, que cobrou liminarmente a retirada imediata dos links. Em primeira instância, o pedido foi negado. Mas, depois, aceito com agravo.

O prazo para retirada começou a contar na quinta-feira (13) e João Doria teve 48 horas para remover os conteúdos. Porém, a defesa do governador entrou com recurso para rever a determinação.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar