Quem Lacra não lucra: Deputada petista faz aglomeração contra o governo e, dois dias depois, critica manifestação a favor

Ler na área do assinante

Uma das máximas preferidas pela direita conservadora no Brasil, contra a hipocrisia das narrativas esquerdopatas acaba de ganhar mais um capítulo. E dessa vez quem “Lacrou e não lucrou” foi a deputada federal petista, Erika Kokay, do Distrito Federal.

Em sua conta do Twitter, Kokay exaltou um encontro realizado pela oposição na esplanada dos ministérios, na noite de 13 de maio.

“Brasília também teve seu #13demaionasruas. Nem bala, nem fome, nem Covid. O povo quer viver. Fora Genocida”.

Dois dias depois a parlamentar voltou a postar, criticando a manifestação do último sábado (15 de maio), a favor das pautas pela liberdade religiosa e de ir e vir, entre outras, mas principalmente em apoio ao presidente:

“Um absurdo essa aglomeração em Brasília, em plena pandemia …. mais um crime do genocida e de seus fanáticos seguidores”, escreveu.

A lacração de Erika Kokay não passou batida pelo vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro, que respondeu também no Twitter com a ironia e o nível de alfabetização necessário para ser fazer ser entendido por quem recebeu o recado:

“Como é, Edna? Num tô intendenu çua lógika”.

Pois é … a esquerdalha pira e passa vergonha!

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar