“Esta é a primeira CPI da história que ‘fecha os olhos’ para a corrupção”, afirma Eduardo Girão

Ler na área do assinante

Durante a oitiva do ex-Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, nesta terça-feira (18), na CPI da Covid-19, também conhecida como a “CPI do Circo” ou “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) apontou que esta é a primeira Comissão Parlamentar de Inquérito da história que, simplesmente, “fecha os olhos” para a corrupção.

“É a terceira semana de oitivas. A gente espera, cobra que possamos rastrear os bilhões de reais enviados de verbas federais para Estados e municípios. Povo brasileiro quer uma resposta quanto a isso”, lembrou.

E completou:

“Ainda existe uma guerra obsessiva aqui nesta casa, visando um projeto de poder. Com todas as críticas que tem ao presidente da República, ainda não aceitaram que ele venceu a eleição”, constatou.

O senador pediu moderação nas acusações e afirmou:

“Vejo, com todo respeito a quem pensa diferente, muita hipocrisia. Isso contamina o ambiente democrático”, afirmou, acrescentando que a regra do bom conviver é o respeito.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar