Ministra do Superior Tribunal Militar, nova ‘estrela’ da mídia, por críticas a Pazuello, foi subordinada de Zé Dirceu

Ler na área do assinante

O jornalista Alfredo Bessow, do Canal de Brasília, página do youtube com milhares de seguidores, alertou para o aparelhamento do Superior Tribunal Militar (STM) pela esquerda brasileira.

Bessow fez uma pesquisa para se informar sobre a ministra do tribunal, Maria Elizabeth Guimaraes Rocha Azevedo, indicada para o colegiado, em 2007, pelo então presidente Lula.

O nome da ministra chamou a atenção do jornalista após entrevistas concedidas por ela para a grande mídia, fazendo críticas ao ex-ministro da Saúde, General Eduardo Pazuello, sobre o episódio de sua participação na “motociata” em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, no último dia 23 de maio.

Alfredo Bessow, então, mostra que antes de ser indicada para o STM, o que, por si só, já geraria muita desconfiança, Maria Elizabeth foi subordinada a Zé Dirceu, atuando na Casa Civil, como subchefe para assuntos jurídicos da Presidência da República.

O jornalista chama a atenção sobre o altíssimo nível de aparelhamento com agentes de esquerda, promovido pelos governos lulopetistas nos 16 anos em que ocuparam o poder, chegando mesmo às forças armadas.

E avisa: “vocês entendem porque, para o estamento, é importante que Bolsonaro não ganhe a eleição em 2022? Porque ele vai continuar fazendo com que as máscaras caiam e a militância seja identificada e localizada”

Veja o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar