"Me sinto agredida, em um gabinete de exceção", desabafa Nise Yamaguchi, durante a CPI (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Nesta terça-feira, dia 1º, a médica Nise Yamaguchi foi alvo de inúmeros ataques na famigerada CPI da Covid.

Em certo ponto, Nise chegou a desabafar afirmando que estava se sentindo “bastante agredida” durante a comissão.

“Eu tenho que colocar meu repúdio a situação que estou colocada ali, em um gabinete de exceção. Estou me sentindo aqui bastante agredida neste sentido porque eu estou como colaboradora eventual de várias ações de uma relação direta com a situação clínica dos nossos pacientes e eu gostaria de ter, portanto, senador, a necessária avaliação dessa posição”, disse a médica.

O senador Marcos Rogério, sempre ponderado, foi firme em afirmar:

"Testemunhamos hoje um dos atos mais desrespeitosos que já tivemos no âmbito da CPI.”

Veja o desabafo de Nise Yamaguchi:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar