Juliana Paes toma as dores de Nise Yamaguchi e dispara: "Show de horror e boçalidade” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A atriz Juliana Paes criticou a postura dos senadores opositores ao Governo Bolsonaro durante a sessão da CPI da Covid-19, em que a oncologista e imunologista Nise Yamaguchi prestava depoimento, nesta terça-feira (2).

“Show de horror e boçalidades na CPI da Covid”, escreveu a atriz no Instagram, ao adicionar uma foto da médica, em suas redes sociais.

E acrescentou:

“Certa ou errada… Não importa! Intimidação, coação… Fala interrompida… Mulher merece respeito em qualquer ambiente”, disparou.

A médica foi convocada para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito na condição de convidada, mas foi desrespeitada várias vezes pelos senadores de oposição ao Governo Federal e pelos integrantes da cúpula da CPI da Covid. Em muitos momentos, doutora Nise não conseguiu completar a resposta porque os parlamentares a impediam de concluir o raciocínio, ironizando do conhecimento da cientista que tem 40 anos de experiência na Medicina. Petulante, Omar Aziz (PSD-AM), presidente da comissão, teve o cinismo de pedir aos telespectadores para não ouvirem a especialista.

Após a “inquisição”, a médica disse que se sentiu agredida.

“Eu tenho que colocar meu repúdio à situação que estou colocada ali, em um gabinete de exceção. Estou me sentindo, aqui, bastante agredida neste sentido porque eu estou como colaboradora eventual de várias ações de uma relação direta com a situação clínica dos nossos pacientes e eu gostaria de ter, portanto, senador, a necessária avaliação dessa posição”, afirmou.

E completou:

“Estou sendo colocada em xeque com relação às minhas condutas médicas”, afirmou.

O senador Otto Alencar (PSD-BA), que é médico, fez um questionamento sobre infectologia e não recebendo a resposta que esperava, humilhou a médica, afirmando que a cientista “não sabia nada” sobre o assunto.

Em outro momento, Omar Aziz que, ao início da sessão, elogiava a postura profissional e o conhecimento da médica, teve um rompante de fúria e disse:

“A sua voz calma, a sua forma de falar, convence as pessoas como se a senhora estivesse falando a verdade. Infelizmente, Doutora Nise, o que os seus colegas me falaram, eu retiro completamente. Eles estão totalmente equivocados com relação à senhora. A senhora está omitindo muita coisa”.

E ameaçou:

“Eu sou presidente da comissão, senador Marcos Rogério, e estou alertando que a senhora vai ser convocada para cá e não mais convidada”, bradou o senador acusado de desviar recursos públicos da saúde do Amazonas.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar