Ela bem que tentou, mas não levou: Um esclarecimento sobre a "gritaria" da Globo contra a Copa América

Ler na área do assinante

Segundo reportagem do portal de notícias esportivas Lance, a Rede Globo teria apresentado uma proposta para comprar os direitos de transmissão desta edição da Copa América de Seleções, mas teria sido barrada em uma cláusula de litígio na justiça com a Conmebol, após o rompimento do contrato de transmissão da Taça Libertadores da América, no final do ano passado.

A questão, aliás, foi o que levou a entidade responsável pelo futebol sul-americano a dar preferência ao SBT, que adquiriu o restante da própria Libertadores e acabou sendo confirmada como a emissora oficial da Copa América em sinal aberto – também haverá transmitição por TV fechada, pelos canais ESPN e Fox Sports, ambos do grupo Disney.

O SBT ainda ficou isento de pagamento de taxa extra, pelo fato da competição ter sido transferida, de última hora, para o Brasil – a regra do contrato prevê um acréscimo quando o campeonato ocorre dentro do país de origem da TV.

Ainda segundo o que foi apurado pela reportagem, esse “desentendimento entre Globo e Conmebol seria o principal motivo dos diversos comentários contra a competição, ditos ou publicados por seus jornalistas, comentaristas e narradores. Em um deles, completamente descontrolado, o narrador Luis Roberto aparece em vídeo, atacando a competição e o presidente da República Jair Bolsonaro.

A polêmica criou um racha interno entre os profissionais do Grupo Globo.

O comentarista Carlos Cereto, do Sportv foi cobrado e tem recebido ataques nas redes sociais após dois comentários postados em seu Twitter, criticando a politização e postura adotada por seus colegas:

“Quando foi que o jornalismo esportivo se transformou numa grande lacração política? Saudade de quando a imprensa esportiva achava que só entendia de futebol”, escreveu.

E completou, após ser questionado:

“Quer dizer que democracia só vale pra quem pensa igual? Será que alguns são mais iguais que os outros”?

Será que ainda ficou alguma dúvida sobre o motivo dos “porta vozes” da Globo insistirem na gritaria contra a Copa América, a ponto de influenciar mesmo os jogadores da seleção, enquanto continuam transmitindo, alegremente, a Copa do Brasil e os Campeonatos Brasileiros das Séries A e B, masculino e feminino, com mais de 80 clubes viajando o país inteiro diariamente?

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar