Capitão desabafa e destrói Aziz e Renan: "CPI do Cabaré, CPI da Palhaçada" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O deputado estadual Capitão Assumção, aproveitou uma sessão da Assembleia Legislativa do Espírito Santo para externar sua opinião sobre o tratamento dado à Dra. Nise Yamaguchi pelos integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid.

"O que aconteceu ontem, na CPI do Cabaré, CPI da Palhaçada, senadores carcomidos pela má política (...). Não sei se vocês lembram desse senador de Araque, que teve a mulher presa porque roubou dinheiro da saúde, esse tal de Omar Aziz.
Esse tal de Renan Calheiros, cheio de processo por corrupção. Tudo bandido! Otto Alencar perguntando coisas do 'arco da velha' para uma cientista renomada, que está há 40 anos se dedicando a salvar vidas", desabafou ele.

Revoltado, o deputado comentou a insensatez da situação:

"Vocês desrespeitaram uma mulher (...) Ela foi desrespeitada como cidadã brasileira. Ela estava ali como convidada falando para três corruptos, declaradamente corruptos. Omar Aziz, presidente da CPI do Cabaré. Renan Calheiros, o homem mais inocente do planeta depois do ladrão de nove dedos", apontou ele.

E aproveitou para expressar sua indignação com a atitude de alguns dos senadores:

"Foram tão mal-educados que não deixaram nem a doutora concluir seus pensamentos. CPI para espalhar ódio. Vai ser lembrado como o dia da covardia do Senado Federal. Não posso generalizar, há gente boa no Senado, como também tem bandido, malandro, vagabundo, não é, Renan Calheiros?", encerrou o deputado.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar