Governo Bolsonaro enxuga gastos, privatiza estatais e bota o Brasil para andar (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O Brasil precisa andar e o governo Bolsonaro tem trabalhado duro para isso, enxugando a máquina do Estado. Já foram movimentados R$ 200 bilhões com a venda de subsidiárias de estatais, e isso é só o começo.

Para 2021, além de Correios e Eletrobrás, a equipe econômica programou as vendas do Ceasa de Minas Gerais, da CBTU de Belo Horizonte, do Porto de Vitória, da Emgea (Empresa Pública de Gestão de Ativos) e da Trensurb de Porto alegre.

O montante das negociações, além de desonerar a União, pode gerar diretamente a arrecadação de cerca de R$ 300 bilhões. E há ainda a previsão de encaminhar a negociação do Porto de Santos, o maior e mais movimentado da América Latina, em 2022.

Há sempre aqueles que ainda não se conformam com o fim da corrupção, dos desvios e dos rios de dinheiro que jorravam livremente por meio das estatais. São os órfãos das tetas do governo, que secaram de uma vez por todas.

Mas é preciso que haja continuidade no trabalho realizado por Jair Bolsonaro e sua equipe de ministros, portanto, aproveite para observar os avanços colocados em prática no Brasil, contra tudo e contra todos - 2022 está logo ali.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar