Nas "garras" do comunista Dino, Maranhão vive crise grave de desemprego

Ler na área do assinante

O estado do Maranhão, governado pelo comunista Flávio Dino, vem enfrentando uma enorme crise de desemprego.

A falta de emprego no estado já atinge 17% da população com idade para trabalhar, no primeiro trimestre de 2021.

Segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad), do IBGE, no Brasil a taxa de desemprego é de 14,7%.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento é de 2,6%.

É o triste retrato do que o comunismo é capaz.

Quem sofre é o povo maranhense!

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: G1

da Redação
Ler comentários e comentar