Caboclo é afastado da CBF antes de demitir Tite

Ler na área do assinante

A situação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) está extremamente complicada.

Uma decisão da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro deixou o quadro ainda mais confuso.

O órgão resolveu afastar preventivamente, por 30 dias, o presidente Rogério Caboclo.

Diante disso, a CBF distribuiu a seguinte nota:

"A CBF informa que recebeu na tarde deste domingo, 6, decisão da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro suspendendo temporariamente (pelo prazo inicial de 30 dias) o Presidente Rogério Caboclo do exercício de suas funções. Seguindo o Estatuto da entidade, toma posse interinamente, por critério de idade, o vice-presidente Antônio Carlos Nunes de Lima. A decisão é sigilosa e o processo tramitará perante a referida Comissão, com a finalidade de apurar a denúncia apresentada."

A Comissão de Ética se reuniu emergencialmente no sábado (5) e analisou as 12 folhas de denúncias da funcionária cerimonialista da CBF. Ela tem poder de sanção sobre todos os envolvidos na esfera do futebol brasileiro, incluindo o presidente da CBF.

A CBF, por sua vez, marcou uma reunião extraordinária para esta segunda-feira (7).

Caboclo é acusado de assédio sexual e moral por uma funcionária da entidade. Ele nega a acusação.

Tite e um grupo de atletas prometem se manifestar na terça-feira sobre a Copa América.

O clima é tenso. Estão querendo misturar política com futebol.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar