Como se fosse "exemplo", Casagrande ataca jogadores da Seleção e escuta duras verdades

Ler na área do assinante

Sempre disposto a atacar o presidente Jair Bolsonaro, Walter Casagrande aprontou mais uma das suas.

“O Brasil é um país governado por covardes que veem as pessoas morrendo, mas andam de moto e não compram vacinas” disse ele, em artigo no Globo Esporte.

O comentarista ainda disse mais e apontou sua mira aos jogadores da Seleção Brasileira:

“Essa é a geração de jogadores de futebol mais alienada que eu já vi desde anos de 1980. O importante para eles é estar nas redes sociais, mostrando suas mansões, seus carros…”

Casagrande ainda chamou os jogadores de covardes:

“Confesso que fui ingênuo em acreditar que os jogadores fossem realmente tomar uma atitude histórica de empatia ao nosso povo. Foi uma demonstração de comodidade e covardia perante a tudo o que está acontecendo no país.”

O deputado federal Eduardo Bolsonaro fez questão de responder ao ex-jogador e o colocar em seu devido lugar.

"Não teve trajetória brilhante e ainda quer acabar com a carreira dos outros. Se quiser fazer política, candidate-se e eleja-se. Quer jogar futebol, entre em campo, ganhe o jogo e volte nos braços da torcida. Simples."

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar