Otto Alencar chama Queiroga de "mentiroso", é desmascarado e nega no instante seguinte (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na CPI da Covid, o senador Otto Alencar (PSD-BA), voltou a atacar.

Dessa vez, o "alvo" foi o ministro da Saúde Marcelo Queiroga, que prestou depoimento.

Otto chamou o ministro da Saúde Marcelo Queiroga de "mentiroso", após realizar uma pergunta sobre os critérios, determinados em bula, para aplicação de vacinas em gestantes.

Otto citou a morte de uma gestante pela vacina da Astrazeneca e pergunta quem editou a norma que permitia a vacinação de gestantes. Queiroga disse que foi o Programa Nacional de Imunização e Otto cortou a fala, dizendo que na verdade quem assinou foi a Dra. Francielle Francinato.

A partir daí inicia-se uma discussão:

“Ela é a coordenadora do Programa Nacional de Imunização, senador”, respondeu Queiroga, sendo atacado na sequência.
“Ministro fala a verdade ministro, a ciência não pode mentir, o senhor não citou o nome dela”, disse Otto, claramente tentando distorcer a resposta.

E prosseguiu:

“Se você falasse a verdade tudo bem, mas o você não fala a verdade”

O bate boca prosseguiu e Marcelo Queiroga disse:

“O senhor me chamou de mentiroso”

Otto respondeu que poderiam olhar nos vídeos que ele não tinha chamado ninguém de mentiroso.

Pois é, senador Otto Alencar, os vídeos já estão ai e todos podem comprovar que o senhor chamou o ministro da Saúde de "mentiroso", mesmo após ter ouvido a verdade.

Otto Alencar é o retrato dos que comandam esta CPI suja em curso no senado.

Veja o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar