Enquanto Dória passeava em Miami e no Rio, lockdown desempregou 400 mil trabalhadores só na cidade de São Paulo

Ler na área do assinante

Após não suportar mais tantos meses de lockdowns e fechamentos parciais sem critérios determinados, por parte de prefeitos e governadores, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) foi à justiça, com ações civis públicas de reparação de danos, em todos os estados da federação e no Distrito Federal, e mais 275 municípios onde conta com associados.

Segundo o presidente da entidade, Paulo Solmucci, governadores e prefeitos, legítimos representantes do Estado, foram responsabilizados pelas perdas que já levaram, por exemplo, a mais de 400 mil demissões só na cidade de São Paulo.

Segundo levantamento da Abrasel, mais de 40% dos restaurantes especializados em comida por quilo fecharam as portas, devido à crise, levando o setor a uma queda de 200 mil para 120 mil estabelecimentos. Só na capital paulista,12 mil bares e restaurantes baixaram as portas, desde que o início da pandemia.

Além dos fechamentos, o trabalho em home office, que levou ao fechamento de escritórios, também teria colaborado para reduzir drasticamente o movimento em restaurantes, que atualmente estão com menos de 10% do movimento tradicional.

Enquanto isso, o governador paulista da calça apertada, consome em bares e restaurantes de Miami e dá uma ‘relaxadinha” em hotéis cariocas.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Folha de S.Paulo

da Redação
Ler comentários e comentar