Resolução petista demonstra arrependimento por não ter transformado o Brasil numa Venezuela

Parece incrível, mas o PT fez ‘mea culpa’


Esperar o que deste ato inusitado?

Arrependimento pelo ‘Mensalão’? Arrependimento pelo ‘Petrolão’? Arrependimento pelas inúmeras mentiras da campanha política?

O que esperar?

Nada disso! O PT continua ignorando o lamaçal, o abandono da ética e a corrupção desenfreada que se infiltrou na legenda, contaminando a cúpula, os movimentos apoiadores e boa parte da militância.

A resolução sobre a conjuntura do PT, trazida a público no dia 17 de maio, é de fazer saltar os olhos diante da conclusão que a legenda chegou a respeito de seus erros. Vejamos o trecho que trata do assunto:

"Fomos igualmente descuidados com a necessidade de reformar o Estado, o que implicaria impedir a sabotagem conservadora nas estruturas de mando da Polícia Federal e do Ministério Público Federal; modificar os currículos das academias militares; promover oficiais com compromisso democrático e nacionalista; fortalecer a ala mais avançada do Itamaraty e redimensionar sensivelmente a distribuição de verbas publicitárias para os monopólios da informação".

O PT ignora os erros com a corrupção, esquece-se de que grande parte de suas lideranças foram condenadas por práticas ilícitas e de que seu maior líder está na iminência de ser preso. Arrepende-se, pasmem, por não ter adotado práticas anti-democráticas e repressoras. Em suma, arrepende-se por não ter transformado o Brasil numa Venezuela.

Quanta sordidez!

Edmundo Zanatta

redacao @jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política