Para a tristeza de Marcelo D2 e Cia, PF destrói 875 mil pés de maconha

Ler na área do assinante

A Polícia Federal destruiu 875,5 mil pés de maconha entre janeiro e abril de 2021. A quantidade é, exatamente, 364% maior que os 188,7 incinerados no mesmo período de 2020, indica o balanço do órgão.

A destruição dos pés de maconha indica que a PF tem avançado no combate ao desenvolvimento e distribuição da droga em diversos aspectos. O órgão informou que até a apreensão da erva saltou 4%, para 76,3 toneladas.

A maior parte da quantidade apreendida foi encontrada no interior de Pernambuco, nas operações “Fusarium” e “Fusarium II”. Para se ter ideia da quantidade de droga que pode ser desenvolvida em cada plantação, na segunda edição da “Fusarium”, em abril, a PF destruiu 531 mil pés de maconha, que seriam suficientes para distribuir mais de 100 toneladas da droga.

O relatório da Polícia Federal também aponta que, apesar das apreensões de maconha terem dado grande salto, o mesmo não ocorreu com outras drogas, onde houve diminuição da captação. Mas, a PF explica que essas alterações se devem ao fechamento da fronteira no primeiro semestre de 2020 em virtude da pandemia do coronavírus.

Já nas rodovias federais, o destaque vai para o crack. A apreensão dessa droga sintética cresceu. As interceptações da PF pegaram, aproximadamente, 700 quilos, entre janeiro e abril deste ano. Mas, o entorpecente fica no segundo lugar do “pódio”, porque a cocaína vem disparada na frente, com crescimento de 213% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A "turma da lacração", como o apologista da maconha Marcelo D2, deve estar em uma profunda tristeza.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: R7

da Redação
Ler comentários e comentar