PDT adota o verde e amarelo para disfarçar o socialismo vermelho de sua bandeira

Ler na área do assinante

Um post na página do Facebook da deputada estadual pelo Rio de Janeiro, Alana Passos, chamou a atenção para uma estratégia que alguns partidos de esquerda têm adotado, alterando ou disfarçando sua cor tradicional, o vermelho do socialismo e do comunismo, pelo verde a amarelo de nossa bandeira.

“Olha bem como eles são, Esquerdistas agora querem usar as cores do Brasil. Esse golpe não cola mais. Uma coisa eu gostei, Jair Bolsonaro é tão MITO que fez até a ESQUERDA se render ao Verde e Amarelo. Esquerda Nutella, querem esconder o vermelho”, escreveu Alana, mostrando uma imagem que o PDT tem divulgado em suas páginas oficiais.

Vale lembrar que o PDT tem como marca de sua bandeira a rosa vermelha segurada por um punho, um dos símbolos do comunismo, criado pelo socialista francês Didier Motchane.

A deputada, entretanto, só constatou o que tem ocorrido em diversas legendas, após o sucesso do presidente Jair Bolsonaro, apoiado por milhões de brasileiros que repudiaram as imposições ditatoriais e corruptas dos partidos lulopetistas.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar