Coronel da PM faz apelo ao STF e desabafa: “Não posso aceitar enterrar policiais militares executados por criminosos" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Um vídeo publicado pelo Coronel Rogério Figueiredo, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, mostra que a violência no estado fluminense chegou ao limite e a paciência das autoridades, se esgotou.

Após receber a notícia da execução de dois membros da corporação, o cabo Hélder e o soldado Belchior, em serviço no município de Nova iguaçu, Figueiredo fez um desabafo e também uma promessa:

“Dou o recado a esses marginais: se entreguem e venham com as armas roubadas. Nós iremos prendê-los. Toda a Polícia Militar estará empenhada atrás de vocês. Pedirei ao Secretário da Polícia Civil, através do DH (Departamento de Homicídios), todo empenho nas investigações”.

O coronel prestou condolências às famílias dos policiais mortos e ressaltou a importância do apoio da sociedade às Forças de Segurança do Rio, com mais de 200 anos de existência e a experiência necessária para enfrentar o crime organizado.

“Não posso aceitar enterrar policiais militares executados por criminosos. Aos senhores Ministros do STF, peço que apoiem as Forças de Segurança do Rio de Janeiro”, apelou Rogério Figueiredo.

Veja o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar