Prefeito petista de Araraquara impõe novamente o lockdown

Ler na área do assinante

A prefeitura de Araraquara, em São Paulo, anunciou, nesta quinta-feira (17) um novo lockdown na cidade.

O decreto, assinado pelo prefeito Edinho Silva, do PT, prevê o fechamento do comércio e outras medidas de distanciamento social.

A justificativa utilizada é o registro de alta nos casos de Covid-19 pelo terceiro dia consecutivo.

A cidade, que ainda vem tentando se recuperar dos efeitos econômicos de um rigoroso lockdown de 10 dias, no final do mês de fevereiro, passará por mais um período de fechamento, sem prazo determinado.

“Estamos no terceiro dia consecutivo de uma curva crescente de contaminações, o que nos leva a discutir com os profissionais da Saúde a necessidade de aumentar as restrições novamente”, justificou o prefeito petista.

Segundo Edinho, a nova imposição é uma tentativa de impedir um suposto superlotamento nos leitos de UTI. O período mínimo de vigência do novo lockdown é de sete dias, mas já se aventa a possibilidade de que o prazo seja estendido para 15 dias.

“Daqui a uma semana ou dez dias, vamos ter uma pressão muito forte sobre os leitos, e precisamos agir agora”, disse ele.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar