“A CPI se transformou em um circo público, e vai fazer com que Bolsonaro saia maior do que entrou”, constata deputado (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Para o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), o ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, tentou transformar a CPI em palco para sua última cena, tentando se defender daquilo que é indefensável:

“O fato de ele ser ladrão, de ter se corrompido quando chegou ao poder. Havia uma quadrilha no Rio de Janeiro, cujo chefe era o ex-governador Wilson Witzel, isso foi descoberto pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, através da nossa gloriosa Polícia Civil.
Três horas depois do depoimento na CPI, saiu uma decisão do Ministério Público Federal que transformou Wilson Witzel em réu no processo de corrupção. A CPI virou um circo público, e vai fazer com que Bolsonaro saia maior do que entrou”, ressaltou o parlamentar.

O deputado deu o depoimento em entrevista à TV JCO, em Brasília, por ocasião da iluminação especial do Palácio da Câmara, feita a pedido de Otoni de Paula – uma forma de chamar atenção para a causa das pessoas que sofrem doenças raras.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar