Alvo de investigações no âmbito da pandemia, Hélder Barbalho é chamado de "ladrão" em seu próprio estado (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em visita à cidade de Marabá, onde participou de ato de entrega de mais de 50 mil títulos de terra a pequenos produtores, no estado do Pará, o presidente Jair Bolsonaro foi recebido por lideranças políticas locais.

O governador Helder Barbalho (MDB), entretanto, estava ausente, e não foi perdoado pelos presentes, que entoaram o coro de “Barbalho ladrão, seu lugar é na prisão”.

Hélder Barbalho, que é alvo de investigações sobre o uso de recursos destinados ao combate da pandemia de coronavírus, vai depor à CPI do senado federal, no próximo dia 29 de junho.

Veja o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura: https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar