Lula tenta em novo recurso fuga desesperada de Sérgio Moro

‘Esperneio’ e ‘medo’ são as palavras que definem a atual situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Aliás, ele caminha para o ‘desespero’.

Nesta quarta-feira (15), o batalhão de advogados que cuida de sua defesa, impetrou um novo recurso junto ao STF, no sentido de que as investigações permaneçam na Corte e não nas mão do juiz Sérgio Moro, conforme já decidiu o ministro Teori Zavascki.

A tese defendida pelos advogados é medíocre. Alegam que é que é preciso haver uma ‘sistematização’ dos procedimentos contra Lula para que os mesmos fatos não sejam investigados em dois lugares, já que o Ministério Público requereu a inclusão do nome do petista no inquérito-mãe da Lava Jato que tramita no STF, que apura a relação de dezenas de políticos com o esquema de corrupção da Petrobras.

Por outro lado, em Curitiba, a força tarefa da Operação Lava Jato já está debruçada sobre os casos envolvendo o ex-presidente.

De imediato, Lula deverá se tornar réu em três processos-crimes.

A força tarefa da Operação Lava Jato já tem provas suficientes para denunciar Lula nos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em três situações distintas, conforme matéria publicada pelo Jornal da Cidade (veja aqui).

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça