Senador Girão desmascara mais uma falcatrua do Consórcio Nordeste (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Um dos maiores escândalos do Covidão foi o caso dos respiradores comprados pelo Consórcio Nordeste, por meio da empresa de derivados da maconha, Hempcare.

O Consórcio Nordeste pagou antecipadamente R$ 48 milhões por 300 respiradores chineses que nunca chegaram. O caso é alvo de investigação da Polícia Federal, na Operação Ragnarok.

O Senador Eduardo Girão foi pessoalmente a São Paulo, no que seria a ‘sede’ da empresa Hempcare. Mas, parece que a CPI não quer desmascarar essa falcatrua.

Girão tentou convocar o diretor do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas, mas não conseguiu, pois a maioria dos senadores votou contra.

No vídeo, Girão mostra que a ordem bancária do pagamento à empresa Hempcare foi assinada por Carlos Gabas.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar