Confusão entre policiais e indígenas em frente à Câmara deixa policiais feridos (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na tarde desta terça-feira, 22, indígenas e policiais militares entraram em confronto durante uma manifestação em frente à Câmara dos Deputados, em Brasília.

Segundo informações, existem feridos. Entre eles, um policial que foi resgatado com um ferimento na perna.

O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) afirmou que a PM usou bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar os manifestantes.

Já os indígenas teriam atirado flechas contra os militares.

O protesto dos indígenas que queriam invadir a Câmara foi contra a votação do PL 490, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

A deputada federal e presidente do CCJ Bia Kicis escreveu em suas redes sociais:

"Saldo das flechadas de hoje na Câmara: um policial militar flechado no pé, um policial legislativo gravemente ferido na coxa, sendo submetido a cirurgia agora, e um policial ferido no tórax, passando mal com suspeita de envenenamento. Testemunhas afirmam que os índios chegaram atirando.
Suspendi a sessão da CCJ de hoje a pedido da polícia legislativa para que possam garantir a segurança de servidores e parlamentares e em respeito aos policiais feridos. Mas o processo legislativo não pode ser refém de opositores violentos, seja quem for. Amanhã a CCJ retorna."

As imagens tomaram conta das redes sociais.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar