A hora da verdade: Com visível medo de não ver concessão da Globo renovada, Boni destila narrativa duvidosa (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, o empresário José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, conhecido como Boni, que por anos foi o homem forte da Rede Globo e ainda ocupa cargo de influência no grupo, foi questionado sobre a possibilidade de que a concessão de funcionamento do canal não seja aprovado pelo congresso nacional. A renovação, por 15 anos, poderá entrar na pauta em outubro do ano que vem.

“Cassação de empresa de televisão de rádio no Brasil só aconteceu na ditadura, com a Excelsior e a Tupi. Não acho possível cassar a TV Globo pela penetração que ela tem, pelo respeito que as pessoas tem e pelo serviço que ela prestou”, disse.

E complementou em seguida:

“Seria uma coisa pior que uma revolução. Quem tentasse cassar a TV Globo estaria jogando para perder, pois o valor que o entretenimento e a informação tem para o publico é inestimável e seria um desastre total você punir uma pessoa que é competente. Não se pode punir a verdade”

A fala de Boni foi claramente dirigida ao presidente Jair Bolsonaro, que há tempos tem apontado os “serviços duvidosos” que a emissora e seus diversos canais de comunicação têm prestado à sociedade.

Quando Boni fala em cassações que só acontecem em ditaduras, esquece que não se trata disso, mas apenas de uma possível 'não renovação de concessão', perfeitamente legal em uma democracia.

Quando Boni fala sobre a penetração e respeito da população, parece não estar ouvindo os gritos das ruas e as manifestações, cada vez mais comuns, contra a emissora.

Finalmente, quando Boni afirma que não se pode cassar competentes e quem fala a verdade, parece não estar se dando conta de que, talvez, a incompetência esteja se notabilizando além da, outrora, reconhecida competência, e que a verdade disseminada pela Globo talvez não seja a verdade que a população brasileira ‘vê diante dos olhos”.

Algo para Boni e toda a direção da Rede Globo refletirem. Outubro de 2022 está logo aí e são muitos os parlamentares do congresso nacional que concordam com Bolsonaro.

Veja o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar