Marcos Valério ressurge, pode fazer delações e detonar meio mundo

Marcos Valério novamente quer falar. Ele sabe muito.


Em abril ele propôs à Justiça do Paraná apresentar informações sobre conexões entre o mensalão e a Lava Jato. O acordo ainda não foi fechado.

E nesta quinta-feira (16), Marcos Valério propôs ao Ministério Público de Minas Gerais um acordo de delação premiada sobre o mensalão tucano.

No ‘evento’ tucano ele ainda é réu e aguarda julgamento. O ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB) já foi condenado e recebeu uma pena de 20 anos de prisão, mas aguarda em liberdade a decisão sobre um recurso de apelação.

No propinoduto petista, o publicitário já foi condenado e cumpre pena de 37 anos, desde 2012, por formação de quadrilha, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e peculato.

Um acordo de delação de Marcos Valério, considerado o operador dos esquemas, poderá ter efeito devastador.

Ele está preso no Complexo Penitenciário de Nelson Hungria, em Contagem (Grande Belo Horizonte).

da Redação

 

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça