Em flagrante ataque histérico, Renan faz falsa acusação contra a PF e toma invertida (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Um vídeo flagra o exato momento em que o senador Renan Calheiros acusa a Polícia Federal de agir para proteger o empresário Francisco Maximiano, dono da empresa farmacêutica Precisa, representante do laboratório indiano Bharat Biotech no Brasil.

O fato aconteceu nesta quinta-feira (1º), durante sessão da CPI, quando Calheiros disse que Maximiano, deveria ter prestado depoimento nesta data, o que acabou cancelado após o mesmo receber um habeas corpus pelo direito de permanecer em silêncio.

“O Sr. Maximiano teve contra si aberta uma investigação na Policia Federal e essa investigação serviu de base para a concessão do hábeas corpus pela ministra Rosa Weber, numa burla”, disse o parlamentar alagoano, sendo imediatamente repreendido pelos senadores governistas

Ao citar o termo “burla”, Renan faz uma acusação gravíssima, e basta uma rápida pesquisa em qualquer dicionário da língua portuguesa para compreender que “burla” significa “ação para enganar, embuste, ação dolosa; fraude".

Estaria Renan Calheiros desesperado por não obter uma única prova contra o governo e, em meio a um ataque histérico, descontando tantos anos de investigação da PF contra ele mesmo, em dezenas de inquéritos e processos em que é réu?

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar