UFC: "Bunda Gorda" de Omar Aziz versus Marcos Rogério

Ler na área do assinante

Nessa quarta-feira o falastrão e desconhecido senador Omar Aziz confidenciou ao senador Renan que “vou encontrar com esse cara e quebrar ele todinho”. No caso, “esse cara” é o senador Marcos Rogério.

Vale lembrar que o histriônico senador do Amazonas e integrante do denominado “baixo clero”, é aquele cuja família inteira foi presa em 2019, por acusação de desvio de verbas públicas da saúde na maior operação da história da Polícia Federal naquele estado.

Foram presos, no âmbito da Operação Vértex, a deputada Nejmi Aziz (esposa) e os três irmãos: Murad, Amin e Mansur Aziz.

Em relação à bravata do senador Omar Aziz, de que “quebraria” o senador Marcos Rogério, parece que estamos diante da figura do crime impossível, tipificado no art. 17 do Código Penal, nestes termos:

"Não se pune a tentativa quando, por ineficácia absoluta do meio ou por absoluta impropriedade do objeto, é impossível consumar-se o crime."

São várias as razões que nos permitem fazer essa afirmação.

Em primeiro lugar, uma questão de ordem concreta: até o chefete da CPI do Circo levantar a sua bunda gorda (conforme a deputada Carla Zambelli) para “quebrar” o nobre senador rondoniense, vinte anos mais novo, é certo que teria uma surpresa desagradável: seria nocauteado antes que seus pesados glúteos adiposos se levantassem. Portanto, estamos diante da ineficácia absoluta do meio.

Em segundo lugar, o nobre senador Marcos Rogério, um gentleman, conhecedor das leis e excelente jurista, jamais violaria o art. 4º da Lei 10.741 de 2003 (“nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de violência, crueldade ou opressão”).

O senador Omar Aziz não aprende nunca. Continua a trilhar por MAUS CAMINHOS.

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Ler comentários e comentar