Definhando numa crise sem fim, Globo tem a pior audiência do mês de junho da sua história

Ler na área do assinante

A Rede Globo, que vem enfrentando uma grave crise desde o fim de 2019, parece não estar se recuperando.

Dados divulgados na última sexta-feira (02), pelo jornalista Ricardo Feltrin, no portal UOL, apontam que a emissora registrou seus piores índices de audiência para o mês de junho, em toda a sua história.

Apesar de continuar sendo a líder de audiência, a Globo soma, com o resultado de junho, três meses de perda de audiência, enquanto a RecordTV teve um aumento de 10% em seu resultado com o público.

“No mês passado, nas 24 horas do dia, a Globo marcou 11,3 pontos e 30,9% de “share” no mercado nacional (15 maiores regiões metropolitanas). Isso representou uma queda de 6% na comparação com maio (cada ponto equivale a cerca de 260 mil domicílios no país)”, divulgou Ricardo Feltrin.

A Globo vem tentando contornar a crise reformulando sua programação, controlando gastos, se desfazendo de parte de seu elenco a até mesmo cortando mordomias de seus funcionários, mas a situação não vem melhorando.

A emissora, agora, enfrenta até mesmo um inquérito, no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), por uma possível infração econômica, ao impor cláusula de exclusividade na renovação de contratos com atores.

Os dados divulgados por Feltrin apontam que, em uma maré completamente oposta à concorrente, a RecordTv vem apresentando melhora na audiência:

“No mercado nacional, a RecordTV foi a única com boa performance: cresceu 10% em audiência, graças a programas como o ‘Balanço Geral’, ‘Cidade Alerta’, ‘Jornal da Record’ e a novela ‘Gênesis’”, informou o jornalista.

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar