Desesperado por atenção, "poste" parte para "agressão" a Bolsonaro

Ler na área do assinante

Durante a manifestação da esquerda ocorrida no último sábado (03), em São Paulo, o petista Fernando Haddad voltou a disparar seus ataques contra o presidente Jair Bolsonaro.

Em seu discurso para os militantes, Haddad destilou ódio contra o presidente da República, chegando a dizer que o mandatário está ‘com os dias contados’:

“Cada vez que você ameaçar a democracia, ocuparemos as ruas. Aqui tem gente que lutou pela redemocratização do país.
Você é um representante da ditadura militar, um representante mequetrefe, saiu dos porões da ditadura junto com os torturadores. Não se engane, Bolsonaro, você não é dono de nada, está com os dias contados”, vociferou Haddad.

Em meio ao incêndio de uma agência bancária, e a depredação de uma concessionária de veículos, três pontos de ônibus e até da fachada de uma Universidade, Haddad falou como se os responsáveis pelos atos de violência visassem o melhor para o Brasil:

“O povo tá aqui na rua para tomar o país de volta das suas mãos. Você é um assassino desgraçado que matou milhares de brasileiros.”

A "agressão verbal" parece muito mais um "show pirotécnico" de um sujeito imbecilizado e carente de atenção, que precisa, a todo custo, tentar "lacrar" para uma plateia que não representa o sentimento do povo brasileiro.

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar