“O Judiciário tem que julgar as leis, não tem que se intrometer no Legislativo, isso é um absurdo!”, afirma deputado (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Bia Kicis, presidente da CCJ e autora da PEC do voto impresso auditável, veio a público denunciar a interferência do Judiciário para impedir qualquer mudança no sistema eleitoral.

O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) criticou essas articulações de alguns ministros do STF contra a vontade do povo.

“O Poder Judiciário tem que julgar as leis, não tem que se intrometer no Poder Legislativo, isso é um absurdo! Qual o problema, se tem milhões de brasileiros que contestam a urna eletrônica? Por que não fortalecer a democracia?”, questionou o parlamentar, em entrevista à repórter Berenice Leite, em Brasília.

Bibo Nunes, que é jornalista, falou ainda sobre a ‘imprensa marrom’ que não vê problemas nas manifestações violentas da extrema esquerda:

“São atos ‘democráticos’ para a ‘imprensa marrom’, na verdade, são manifestações de ódio, atacando a polícia, bancos, lojas... Isso é democracia? Isso é anarquia, desordem, que é a especialidade da esquerda”, completou.

Confira:

O Jornal da Cidade Online é hoje uma voz em defesa da nossa pátria.

Por isso somos atacados por grupos anônimos e pela grande mídia perversa que quer o monopólio da informação e da opinião.

Estamos sobrevivendo, mas precisamos da ajuda de nosso leitor.

Faça a sua assinatura e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar