assinante_desktop_cabecalho

Cardozo intimida senadora, mas Magno Malta, sem microfone, detona novamente (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A comissão especial do impeachment tem proporcionado alguns espetáculos que realmente merecem registro.

E o senador capixaba Magno Malta tem sido a grande sensação.

Com seu jeito simples, mas com extrema coragem e inteligência tem arrasado a bancada da presidente afastada e vencido todos os embates contra o ex-ministro, ora advogado de Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo.

No último confronto, a celeuma iniciou com Cardozo fazendo um protesto contra eventuais considerações ‘de juízo de valor’ ou ‘referências depreciativas’ com relação às testemunhas arroladas pela defesa.

Nesse momento, o advogado foi interrompido pela senadora Ana Amélia (PMDB-RS), que presidia os trabalhos, para dizer que o ‘protesto’ estava registrado.

Cardozo foi pra cima da senadora gaúcha, dizendo que ela não poderia interrompê-lo, ‘eu não acabei o protesto ainda’.

Ana Amélia, acuada, chegou a gaguejar.

Então, Magno Malta pediu a palavra para apresentar uma ‘contradita’. Cardozo, mais uma vez, tentando dominar o debate, disse que não poderia ser contraditado, pois a palavra era dele. Obteve a concordância da senadora.

Malta foi pra cima e deu um show e, mesmo com o microfone cortado, manteve o tom do seu discurso e repudiou com veemência Cardozo e a bancada dilmista.

Todos acabaram silenciando para ouvi-lo, com, inclusive, a liberação do microfone, nos momentos finais de sua fala.

Vale a pena ver o vídeo.

da Redação

Veja o vídeo:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários